crianças pintando um mural sobre reciclagem
BLOG Casa

10 Conselhos para um estilo de vida Eco-friendly

Cada uma de nossas ações diárias, grandes ou pequenas, possui um efeito sobre o meio ambiente. A mudança climática é um exemplo evidente do impacto ecológico que deixamos em nosso planeta. E é por isso que, a ONU junto com diversos movimentos ecologistas tratam de sensibilizar países, indústrias e pessoas para que escolham comportamentos que tenham um menor impacto ambiental e adotem um estilo de vida ambientalmente sustentável, que é o mesmo que, eco-sustentável.

Em Aosom.pt gostariamos de te dar 10 conselhos que com certeza que te ajudará a levar um estilo de vida mais respeitoso com o meio ambiente e sustentável. E também falaremos do Dia Mundial do Meio Ambiente.

A maior ameaça para o nosso planeta é a crença de que outra pessoa salvará

Robert Swan

Escolha um estilo de vida mais sustentável

Viver de uma forma “ECO” é mais fácil do que seguramente imaginas. Pense que pequenas mudanças em nossas rotinas, dia após dia, podem reduzir consideravelmente nosso impacto no meio ambiente e fazer que nossas casas sejam mais eco-friendly. Aqui têm 10 conselhos para viver e forma mais sustentável:

1. Recicle e não jogue as coisas sem pensar

Classificar o lixo não é tão difícil. Coloque vários cubos ou bolsas para jogar os resíduos de diferentes materiais e jogá-los nos cubos correspondentes. Reciclar também significa dar uma nova vida aos objetos que já não usa mais e que jogaria fora. Se ainda está em boas condições, pode dar a roupa que já não usa, os objetos que já não necessite ou presentear os móveis… reduzirá os resíduos e fará feliz as pessoas necessitadas. Outra opção também é verder. Quem não conhece o wallapop?

Também pode provar reciclar de forma creativa diferentes materiais, como o papel, as embalagens de plástico, as cápsulas de café…você pode encontrar muitas ideias na Internet!

2. Feche a torneira da água e use-a racionalmente

Embora a OMS estima que uma pessoa necessite 100 litros de água por dia para satisfazer suas necessidades, tanto de higiene como de consumo, a realidade e os diferentes estudos nos demostra que de média, consumimos muito mais. A princípio pode parecer exagero, mas não se esqueça que ações como lavar as mãos, tomar banho, colocar lavadora ou tirar a cisterna do vaso, representam um consumo elevado de água. Certeza que se vai somando, em seguida te sairá as contas. Embora haja um mínimo que não podemos renunciar pela saúde e higiene, existem certas medidas que você pode tomar para começar a reduzir o consumo de água:

  • Feche a torneira enquanto escova os dentes, lava as mãos ou faz a barba
  • Escolha tomar um banho rápido e não de banheira
  • Use aeradores nas torneiras, eles reduzem o consumo de água mantendo a mesma pressão
  • Coloque a máquina de lavar e a lava-louças somente quando estiverem totalmente cheias
  • Certifique-se de fechar bem as torneiras e verificar se há vazamentos de água

3. Evite a água engarrafada

Talvez a água da torneira não saia o suficientemente purificada como para consumi-la diretamente, mas pode utilizar uma jarra com filtro ou instalar um sistema de purificação de água. Existem os que se conectam diretamente na torneira. Ainda que pareça algo insignificante, imagine a grande quantidade de resíduos que deixaremos de gerar a diário se todos fizéssemos essa troca em nosso consumo.

4. Reduza embalagens descartáveis ​​e escolha embalagens recicláveis

Nos supermercados existem cada vez mais embalagens unidose e produtos com embalagens descartáveis ​​que, embora convenientes, geram grande quantidade de resíduos. Para viver mais ecologicamente é importante tentar reduzir o consumo desses produtos. O melhor seria evitar qualquer tipo de embalagem, mas se não puder evitá-las porque os supermercados ou lojas mais próximos da sua cidade não contemplam essa opção, opte por aquelas que são recicláveis.

 5. Investir em produtos com eficiência energética

Existem cada vez mais eletrodomésticos e dispositivos eletrônicos nas nossas casas e para limitar o consumo de energia é importante investir em produtos de baixo consumo. Produtos com classe de energia igual ou superior a A + são preferíveis. Para a iluminação, opte por lâmpadas LED, pois têm menor consumo que as lâmpadas normais, boa luminosidade e longa vida útil.

6. Abaixe o aquecedor e reduza o ar condicionado

Economizar energia também significa reduzir a temperatura e o uso do aquecedor no inverno e do ar condicionado no verão. Para o aquecedor, você pode começar ajustando o termostato para 20º. É uma temperatura adequada para viver confortavelmente em casa. E se ainda estiver com frio, é preferível usar um suéter mais grosso em vez de aumentar o aquecedor. Existem outras medidas para otimizar o aquecedor da sua casa:

  • Investir em portas e janelas com isolamento térmico
  • Não coloque obstáculos sobre ou na frente dos radiadores
  • Use um termostato para programar o aquecimento

No verão, tente reduzir o uso do ar condicionado. A parte do que contamos sobre a eficiência energética de seus produtos, estes conselhos podem te ajudar:

  • Coloque o ar condicionado no alto de maneira que possa repartir melhor o ar
  • Preste atenção na dispersão do ar frio da janela
  • Limite a temperatura
  • Não deixe o ar condicionado ligado nas habitações que não esteja ninguém
  • Utilize temporizadores para ligar e desligar os aparelhos de ar condicionado e evite deixá-los ligados quando não estiver em casa
  • Revise periódicamente os filtros para que a difusão do ar seja sempre eficiente e também para evitar a acumulação de mofo ou bacterias
  • Lembre-se também que o uso excessivo do ar condicionado pode ser prejudicial para a nossa saúde, provocando resfriados e bronquites

7. Escolha produtos zero quilômetro e produtos de temporada

Faça com que sua dieta seja ecológica, escolhendo produtos de temporda e locais. Isso contribui significativamente para evitar a poluição causada pelo transporte (avião ou caminhão) e custos relacionados, podendo até encontrá-los por um preço final mais vantajoso. Além disso, você contribuirá para apoiar as empresas locais.

E fazer uma horta urbana em casa? Quer tenha espaço ou não, esta é uma opção muito boa para ter as suas próprios cultivos. Se você tem um jardim, pode destinar parte para fazer uma horta, e se você não gosta da idéia ou não tem tanto espaço, as hortas urbanas são a solução. Além de economizar custos, você pode consumir frutas, verduras e legumes sem fertilizantes ou produtos poluentes. Se você quiser saber mais sobre este assunto, nós o encorajamos a ler nosso post Como ter uma horta urbana em casa.

8. Aposte pela mobilidade sustentável

Faz tempo que se fala disso e cada vez são mais as pessoas que decidem reduzir seu impacto no meio ambiente escolhendo meios de transpostes alternativos. Quando tiver que fazer viagens curtas, deixe o carro ou a moto em casa e escolha meios de transporte mais sustentáveis como a bicicleta, o trotinete ou simplismente seus pés. Não somente reduz seu consumo e impacto de carbono, senão que fazer exercício também é bom para a saúde

9. Economize energia elétrica

A economia de energia em casa tem uma repercussão muito importante na atmosfera. Se consumimos menos energia, além das nossas economias estarem contentes, reduziremos o consumo de combustíveis para gerar eletrecidade evitando assim a emissão de gases contaminantes. Pequenas ações diárias poderá economizar muita energia:

  • Aproveite a luz natural para reduzir o consumo de energia elétrica
  • Apague as luzes que não estiver utilizando
  • Tire da tomada os aparelhos que não estiver utilizando
  • Utilize lâmpadas de baixo consumo

10. Dê adeus as pilhas de um só uso e as bolsas de plásticos

Você conhece todos os contaminates que trazem as pilhas? Se para o funcionamento de seus aparelhos elétricos ou brinquedos de seus filhos você precisa de pilhas, evite as de somente um uso e aposte pelas pilhas recarregáveis.

E com as bolsas de plástico não faltam palavras. O impacto que tem em nosso planeta é brutal. E além disso já sabe que muitas delas acabam no mar, onde alguns animais as confundem com meduzas e acabam comendo-as. Para não dizer que acabam prezas neles ou no fundo do mar como se formassem parte deste ecosistema.

Dia Mundial do Meio Ambiente 2021

É tão grave o impacto do ser humano sobre o nosso planeta e a necessidade de cuidá-lo, que a cada 5 de junho, desde 1974, se celebra o dia mundial do meio ambiente. E o maior objetivo é promover o respeito pelo meio ambiente e consientizar a população mundial sobre o valor de cuidar do nossos ecosistemas. Desde as Nações Unidas, cada ano se escolhe um tema relacionado com o meio ambiente para comemorar e um pais se converte no anfritião do Dia Mundial do Meio Ambiente.

Paquistão é o anfritião do Dia Mundial do Meio Ambiente 2021. Na celebração desde ano começará a Década das Nações Unidas da Restauração dos Ecossistemas, com o fim de prevenir, reenverter e deter a degradação dos ecosistemas a nível mundial.

Agora é o momento

Não faz falta olhar muito atrás para recordar algumas imagens impactantes que nos deixou a pandemia. Animais selvagens onde antes não havia ou baleias e golfinhos perto da costa. A natureza necessita seu lugar e não estamos falando de parar o mundo, não é isso, mas sim termos conciência da gravidade da situação e do relativamente fácil que temos nos pessoas para contribuir com a melhora de uma vida muito mais sustentável e respeitosa com o meio ambiente. Realmente você acredita que não vale a pena?

Os pequenos gestos cotidianos de cada um podem marcar a diferença não somente para o bem estar pessoal, se não também para a sociedade e o planeta, Faça a sua parte, fazendo com que seu estilo de vida seja eco-sustentável.

Também pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *