dia das mulheres
BLOG Casa Desportos Varanda e Jardim

8M: Dia Internacional da Mulher

Como certamente sabe, 8 de março é o Dia Internacional da Mulher. Existem discrepâncias entre se é um dia que é comemorado ou reivindicado. De qualquer forma, neste dia, mais do que o normal, tenta-se sensibilizar a população e governos sobre a violação dos direitos da mulher que ainda hoje existe. É um dia em que se dá mais visibilidade à luta pela igualdade de género, pelas oportunidades, pela disparidade salarial, pelo reconhecimento e exercício dos direitos das mulheres e pela denúncia da violência sexista.

 

Estereótipos de gênero

Para observar o quão estereotipado é o género feminino, basta olhar o que muitas organizações estão a dar neste dia: chocolates, flores e itens de beleza. E não há dúvida de que o fazem com a melhor das intenções, mas é um motivo para refletir. Chamamos preconceito, ideias preconcebidas … mas é uma realidade que foi sendo transmitida ao longo do tempo. Tradicionalmente, os papéis têm sido atribuídos aos homens em termos de responsabilidade pelas atividades e políticas, e às mulheres, no cuidado dos filhos, pessoas dependentes e no cuidado da casa. Felizmente, embora ainda haja muito a ser feito, nos últimos anos temos melhorado e as desigualdades são menores quando comparada com anos atrás. E o empoderamento das mulheres é mais visível do que nunca.

mujer empoderada

 

Quebrando estereótipos

Nem todas as mulheres gostam de flores, nem todas gostamos de produtos de beleza. E não é uma coisa ruim gostar. O que é ruim é que pelo simples fato de ser mulher temos que gostar, como se isso fosse uma imposição ou algo inerente à nossa condição por sermos mulheres. Existem mulheres que não saem a rua sem se maquilhar, porém, existem outras que nunca se maquiaram. Não há nada de errado em isso. Algumas gostam de cozinhar e outras odeiam. E não praticamos apenas ioga, pilates, poledance … também gostamos de artes marciais ou futebol, entre outros desportos.

A maioria dos nossos relacionamentos heterossexuais, o nosso parceiro masculino não nos ajuda com as tarefas domésticas. E não nos ajuda por uma razão, porque a responsabilidade é compartilhada 50-50. A menos que por consenso do casal seja determinado de forma diferente, cabendo maior peso ao homem ou à mulher indistintamente. Como poderia ser em qualquer outro tipo de relacionamento, com base nas pessoas e não no género.

 

Pés, para que os quero, se tenho asas para voar?

Frida Kahlo (1907-1954)

 

Mulheres iguais e diferentes

Nós, mulheres, não gostamos de ser rotuladas pelo simples fato de ser uma. Já que nem todas gostamos da mesma coisa e, além disso, nem todas pensam da mesma forma. Certamente você tem sua própria opinião sobre um assunto, principalmente se você é mulher, e talvez não concorde 100% com o que lhe dissemos. Talvez pense que existe muito mais desigualdade do que o que se visualiza ou, ao contrário, pense que estamos a alcançar a igualdade. Enfim, se quiser aproveitar esse dia para ter um detalhe com uma mulher especial, te daremos algumas ideias. Pode dar um presente para sua esposa, sua filha, sua mãe ou a você mesmo. Oferecer caprichos a si mesmo é um sucesso garantido. 😉. 

Gostamos de relaxar e ler enquanto o jantar está a ser preparado
Também adoramos fazer viagens e passeios mota
Preparamos saborosos churrascos para desfrutar dos amigos e familia
Partilhamos as tarefas diárias e as tarefas domésticas
Praticamos desportos como o boxe para descarregar a tensão
E algumas de nós, é claro, também gostamos de nos maquilhar

Que dias assim nos ajude a refletir sobre a sociedade em que vivemos e em como melhorá-la. E não só respeitar as mulheres, mas em geral. Vamos pensar nos nossos mais velhos, no meio ambiente … ou nos nossos pequenos, que são a geração do futuro e vão carregar os nossos erros.

Também pode gostar de...